ES  EN  PT

MENÚ
ES    EN   PT




A Carlos Casado trabalha segundo critérios de sustentabilidade com o objetivo de garantir a preservação dos recursos naturais envolvidos nos processos de produção.


O seu modelo de sustentabilidade da terra baseia-se em avaliações prévias do impacto ambiental, respeitando os requisitos legais e os regulamentos locais, com o objetivo de evitar danos aos diferentes ecossistemas, respeitando e conservando o meio ambiente e os recursos naturais.


Do mesmo modo, entre outros fatores, analisa o potencial agrícola da terra na relação com o solo, o clima, a produtividade dos cultivos e a tecnologia disponível.


Um dos seus princípios fundamentais é a inovação e a melhoria contínua de suas práticas para desenvolver as suas atividades da maneira mais eficiente e respeitosa para com o meio ambiente.


Como tradição, a Carlos Casado procura sempre a melhor integração com a comunidade. O investimento e o desenvolvimento das terras e posterior atividade geram prosperidade e bem-estar. A criação de postos de trabalho e a procura de mão-de-obra qualificada somam-se aos novos serviços diretos e indiretos.


No âmbito da Responsabilidade Social Empresarial (RSE), a Carlos Casado assume como seus os 10 princípios do Pacto Mundial das Nações Unidas em matéria de direitos humanos, trabalho, meio ambiente e anticorrupção, que decorrem da Declaração Universal dos Direitos Humanos , da Declaração da Organização Internacional do Trabalho relativa aos Princípios e Direitos Fundamentais no Trabalho, da Declaração do Rio sobre Meio Ambiente e Desenvolvimento e da Convenção das Nações Unidas contra a Corrupção.


Estes 10 princípios são: